domingo, 30 de abril de 2017

Economia de Rondônia


Resultado de imagem para economia de rondonia 2016

A economia do estado de Rondônia tem como principais atividades o extrativismo vegetal e mineral, a agricultura e a pecuária. O Produto Interno Bruto – PIB de Rondônia em 2007 foi de 15 bilhões, o que corresponde a 0,56% da riqueza gerada em todo o país nesse período. O PIB per capita de Roraima no mesmo período foi de R$ 10.319,98. (AMARAL; NASCIMENTO, 2010). 
Resultado de imagem para economia de rondonia 2016
 A exploração de madeira e borracha são as principais atividades do extrativismo vegetal no estado. Segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), o estado de Rondônia é o terceiro estado que mais desmata no país, causando vários problemas ambientais. 
Resultado de imagem para borracha e madeira rondonia 2016

O principal mineral explorado em Rondônia é a cassiterita. A jazida de cassiterita do município de Ariquemes é considerada uma das maiores do mundo. 
Resultado de imagem para cassiterita rondonia 2016

 Na agricultura, a produção de grãos é a principal atividade, favorecida pela quantidade de chuvas da região. Destacam-se a produção de café, cacau, milho, arroz, soja e mandioca. 
Resultado de imagem para cafe rondonia

A hidrovia do Rio Madeira e a construção de um porto graneleiro na capital do estado possibilitam o escoamento da produção, principalmente para a região Nordeste. 
Resultado de imagem para porto graneleiro na capital rondonia
A carne bovina é o principal produto de exportação do estado. Além da pecuária de corte, o estado é destaque na pecuária leiteira, sendo o maior produtor de leite da região norte. 
Resultado de imagem para economia de rondonia 2016

 Pouco diversificado, o setor industrial de Rondônia está em desenvolvimento. O ramo alimentício e frigorífico são os principais segmentos da indústria em Rondônia. 
Resultado de imagem para turismo rondonia 2016
   O turismo na região ainda é pouco explorado. O maior potencial está no ecoturismo, sobretudo o relacionado ao Rio Madeira. A zona de livre comércio de Guarajá-Mirim é outra atração do estado. 
   Localizada na divisa com a Bolívia e nas margens do Rio Madeira, na zona de livre comércio de Guarajá-Mirim são encontrados produtos importados. A cota limite para a compra de importados é de dois mil reais. 
Resultado de imagem para turismo rondonia 2016

Resultado de imagem para turismo rondonia 2016

 Referências: 
AMARAL, Luciano Monteiro do; NASCIMENTO, Milton Antonio do. Produto Interno Bruto Estadual e Municipal. Secretaria de Estado do Planejamento e Desenvolvimento de Roraima. 6 ª edição.Boa Vista: CGEES/SEPLAN – RR, 2010. FRANCISCO, Wagner de Cerqueira e. Economia de Rondônia. 
Disponível em: http://www.brasilescola.com/brasil/economia-rondonia.htm. Acesso em 16 jan. 2011. 
RONDÔNIA. Disponível em: http://pt.wikipedia.org/wiki/Rond%C3%B4nia Acesso em 16 jan. 2011. 
RONDÔNIA. Disponível em: http://www.brazilsite.com.br/brasil/estados/rondonia.htm Acesso em 16 jan. 2011. 
 Arquivado em: Economia, Rondônia

domingo, 23 de abril de 2017

Terra e Sustentabilidade

O documentário Terra e Sustentabilidade apresenta os benefícios de um dos sistemas agrícolas mais eficientes do ponto de vista da sustentabilidade e da produtividade no campo, o sistema de manejo agrícola Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (iLPF), que tem como objetivo integrar produção de alimentos, fibras, energia e madeira, realizados na mesma área, em cultivo consorciado, em sucessão ou rotação. 


Terra e Sustentabilidade mostra que as vantagens da recuperação de áreas e integração de cultivos são muitas: redução de custos de produção, melhor uso da terra, mais eficiência no uso da mão de obra e dos recursos de produção e uso adequado de energia, além da redução de emissões de gases de efeito estufa.


A John Deere participa ativamente do programa integração Lavoura-Pecuária-Floresta (iLPF). A empresa apresenta aos produtores, por meio de dias de campo, os benefícios sociais, ambientais e econômicos da rotação de culturas, com pastagens e plantio de espécies florestais. "A John Deere tem organizado uma série de eventos e encontros com os agricultores, o que permite a ampliação da transferência de tecnologia e conhecimento técnico-cientifico aos produtores rurais", diz Alfredo Miguel Neto, diretor de Assuntos Corporativos América Latina da John Deere.
  • Categoria

  • Licença

    • Licença padrão do YouTube

O Caos - Super população

Há quase 7 Bilhões de pessoas em nosso planeta, mais de 2 vezes o que havia à 45 anos. Mas o que aconteceria se a população mundial dobrasse novamente de uma hora para outra? Será que vamos encontrar espaço suficiente para viver? Comida suficiente para comer? Ar suficiente para respirar? E água suficiente para beber? Isto que aconteceria se a marca mundial atingisse 14 Bilhões.



Todos os direitos reservados a National Geographic.

A Terra em 100 Anos e o Simulador Terrestre

A Terra em 100 Anos e o Simulador Terrestre.


Este documentário mostra o supercomputador chamado "Simulador Terrestre (Earth Simulator CNTR)".
Este computador já fez previsões que se confirmaram, como o furacão Catarina.
Que foi o primeiro furacão a atingir o Brasil no estado de Santa Catarina.
E seus cálculos mostram como o clima vai mudar em 100 anos, com o aumento dos gases de efeito estufa.
Como a floresta Amazônica vai desaparecer, e como diminuirá as áreas para plantio no mundo.
Seu enorme poder computacional, o faz levar em conta todos os fatores responsáveis pelo clima, como luz solar, inclinações da órbita da Terra e até o escurecimento global causado pela poluição.
Ele mostra que realmente, a presença do homem, afeta o clima da Terra.